O homem por trás da ideia

João Afonso

Em 1979 passa de estudante universitário a Bailarino Profissional do Ballet Gulbenkian. Até 1993 é Bailarino desta Companhia de Bailado. Viaja por todos os palcos do Mundo, trabalha com os melhores mestres e coreógrafos da época. A Vida é bela!
Em finais de 1993, como 1º Bailarino e no auge da carreira, decide abandoná-la.

Desde que sua mulher lhe deu em 1983 o livro “Trabalhar o Vinho” de Emile Peynaud, nunca mais deixou de pensar em vinho quando parava de pensar em piruetas.

Este livro iria ser o passaporte para a mudança de vida.

Em 1994, regressado à província com mulher e três filhos pequenos, e cansado de Lisboa, faz o seu primeiro vinho tinto de vinhas da família na Beira Alta (Souropires / Pinhel). Por causa deste vinho conhece Dirk Niepoort que na altura procurava também ele, o caminho do seu vinho, numa família com três gerações ao serviço de vinho do Porto. O apoio de Dirk nos dois anos seguintes acabou por ficar ligado ao surgimento da marca Rogenda.

Em 2006 por razões pessoais abandona o projeto Rogenda, que tanto tinha acarinhado, e a marca extingue-se pouco tempo depois.

Em 2009 encontra a vinha centenária da Quinta das Cabeças e mergulha na nova aventura.


Estrada dos Moleiros nº15,
7300-405 – Reguengo, Portalegre
Tel. (+351) 245 201 005